Nasceu em 7 de fevereiro de 1894, na cidade de Curitiba. Bacharelou-se em Direito pela Faculdade do Largo de São Francisco, em São Paulo. Em 1920, de volta em Curitiba foi nomeado promotor público, e no ano seguinte ingressou no Instituto de Advogados do Paraná. Em 1927 foi nomeado Chefe de Polícia do estado, cargo que exerceu por dois anos, e que equivale hoje ao de Secretário de Segurança Pública.

Elegeu-se deputado federal em 1934 e foi diretor e presidente do Banco do Brasil, tendo uma grande carreira como advogado e uma vida política ilustre. Foi eleito de forma unânime para a presidência da União Democrática Nacional. Lecionou Direito Constitucional na Faculdade de Direito do Paraná de 1941 a 1946, quando se ausentou para candidatar-se a Senador, e foi eleito em 1947. Atuou como jornalista dirigindo o Diário da Tarde e como professor lecionou Economia Política na Universidade Federal do Paraná.

Foi de sua autoria o projeto de lei que permitiu a federalização da Universidade do Paraná, o que lhe rendeu o título de Professor Benemérito da instituição. Também recebeu título de Cidadão Benemérito pela Assembleia Legislativa do Estado. Faleceu no Rio de Janeiro em novembro de 1972.